Álbum de fotos
Apoio à pesquisa
Saiba Mais
Biblioteca
Câmera On-line
EDUCAÇÃO INFANTIL
Comunicados
Projetos
Sala de aula
Visita Virtual

Dia Nacional da Alfabetização – 14/11

Eles começaram 2006 sem saber ler nem escrever. Agora, encerram o ano letivo conhecendo bem a modalidade escrita da língua. Os alunos do 1º Ano (antigo Pré) produziram – em duplas e com a ajuda dos professores – poesias que falam sobre o processo pelo qual passaram, ao longo do ano, e leram essas poesias para o grupo.
Essas crianças não foram apenas alfabetizadas. Elas atingiram o estágio do letramento! Ser alfabetizado nada mais é do que dominar o código lingüístico-gráfico proposto, ou seja, conhecer os sons e seus respectivos sinais escritos. Chegar ao estágio do letramento demonstra que o aluno, além disso, compreendeu os motivos e a importância de utilização da leitura e da escrita em nossa sociedade, ou seja, a função social de tais práticas entre os seres humanos.
Nosso trabalho de letramento começa desde o Maternal, com a criança tendo a oportunidade de presenciar e participar de situações de uso real da leitura e da escrita, afirma Carla Menezes, coordenadora de Educação Infantil do Augusto Laranja. Isso ocorre, por exemplo, nas aulas de Culinária, quando a professora fixa uma receita na parede e vai interpretando-a passo a passo com seus alunos. Ou quando lê uma carta, um convite ou uma lista de compras para eles.
No 1º Ano, já é proposto ao estudante ler textos de diferentes tipos e gêneros (informativo, publicitário, literário). Trabalha-se também a discussão, compreensão e interpretação oral e escrita dos textos lidos, a ampliação do vocabulário por meio de exercícios, a revisão e a reescrita dos textos produzidos, entre outras atividades.
Aprender a ler e a escrever faz parte de um longo processo que se inicia desde muito cedo e desenvolve-se por toda a vida, conclui a coordenadora.

____________________________

A leitura no Maternal C

Ler e ter prazer na leitura estão entre os objetivos do curso de Educação Infantil. Ir à Biblioteca, escolher livros, participar de dramatizações são competências necessárias para as crianças, nessa faixa etária.
A leitura é um trabalho freqüente no dia-a-dia do Maternal C. Através dela, diferentes aspectos são desenvolvidos, entre eles a linguagem, contribuindo para a ampliação do repertório, estimulando a criatividade e a vivência do mundo do faz-de-conta.

____________________________

A comemoração na Unidade Campo Belo

As crianças comemoraram o Dia da Criança nos dias 04, 05 e 06/10 com um divertido espetáculo circense, que contou com um show especial da Companhia Fábrica dos Sonhos, apresentação do Mágico Mácri, cama elástica, pula-pula e muita alegria. O ingresso foi a doação de um brinquedo usado e em bom estado, a ser destinado às crianças da Creche Padre Gregório Westrupp.

______________________________

Matemática

O Maternal E tem aproveitado muito bem os momentos da “roda”: contamos quantos meninos há no grupo, quantos faltaram, e o mesmo fazemos com as meninas. Depois, contamos o total de crianças. Assim, os pequenos vão familiarizando-se com as expressões “total”, “mais um”, “menos um”, entre outras. Resolvendo problemas de uma maneira divertida, estão cada vez mais gostando de “Matemática”!

________________________________

“Projeto Minha Família” - cada um tem a sua!

Iniciamos esse trabalho com a identificação de cada membro da família dos alunos do Maternal A, por meio de fotos. É o momento em que a criança relata a posição de cada familiar (grau de parentesco), os acontecimentos marcantes (lazer, hábitos alimentares, viagens etc.) e as características do local onde mora (casa ou apartamento, cômodos).
Na continuidade do projeto, cada criança confeccionará sua casa e seus habitantes através de atividades plásticas, como colagem, desenho e pintura. Aguardem as novidades!

________________________________

Literatura

O projeto de literatura no Maternal A começou com a narração da história “Os animais do sítio”, seguido pelo trabalho com o tema: quais são os animais que vivem no sítio, suas peculiaridades, utilidades, seus sons e suas casas. Esta 1ª etapa culmina com a elaboração de um portifólio com músicas e confecção de fantoches desses animais.
Todo o projeto consiste numa preparação e estímulo para que, em seguida, as crianças conheçam o mundo mágico de Monteiro Lobato.

______________________________

Criando histórias

As atividades na Biblioteca são diárias e têm o objetivo de ampliar, estimular e desenvolver a expressão oral dos alunos, além de trabalharem com a criatividade, imaginação e espontaneidade.
As crianças escolhem os livros e começam a ler através das imagens, criando uma forma própria de contar a história. Contam para si ou para os colegas, mostrando-lhes as imagens, fazendo gestos ou sons que elas “leram” em cada livro.
Outro trabalho realizado é a criação de histórias coletivas, em que as crianças criam uma história, participam harmonicamente de seu desenvolvimento e estabelecem um final. Isso já apresenta resultados na linguagem delas, assim como influencia na espontaneidade, na criatividade para continuar a história onde o colega parou e no respeito em esperar o colega terminar de falar. Temos até um livro com todas as histórias criadas pelo Maternal B!

______________________________

Informática no Maternal: brincando e aprendendo

A turma do Maternal C tem a oportunidade de familiarizar-se com a tecnologia da informação por meio das freqüentes visitas ao Laboratório de Informática. Diversos conteúdos trabalhados em sala de aula são enriquecidos nos momentos de informática: com o uso de softwares educacionais, os alunos brincam e aprendem simultaneamente. Eles adoram o “Coelho Sabido” e a “Ratinha Rita”!

______________________________

Expressão Musical

Uma das atividades desenvolvidas na aula de Expressão Musical é o acompanhamento das músicas com instrumentos.
O grupo do Maternal D (1 ano e meio a 2 anos e meio) já percebe movimentos “fortes” e “fracos” batendo um coco no outro, ao cantar a música “Bate bem forte, bate bem fraquinho”. As crianças também manuseiam tambor, pandeiro e chocalho. Além de cantarem as músicas, estão aprendendo a acompanhá-las com o ritmo de cada instrumento que é solicitado. Por exemplo, na música do cachorro, devem somente tocar o chocalho. O aprendizado é muito divertido.

________________________________

O corpo no espaço

Através de jogos na classe e na quadra, que exploram diferentes posições – como em cima/embaixo, atrás/na frente, dentro/fora e perto/longe -, os alunos do Maternal D vêm descobrindo, de forma prazerosa, as habilidades e desenvolvendo as capacidades de trabalhar o corpo. O assunto “corpo humano” rendeu pesquisas, músicas e até uma atividade de Artes, na qual cada aluno está confeccionando o desenho de seu corpo em tamanho natural, colocando as respectivas características. Essa aula é um momento de atenção e entusiasmo para o grupo, que vibra em conhecer e comparar diferentes aspectos do corpo de cada um.

_______________________________________

Maternal estuda obra de Monteiro Lobato

“Um país se faz com homens e livros.”
José Bento Monteiro Lobato foi um grande homem, um grande brasileiro e um dos maiores escritores de livros infantis do mundo. Foi, sem dúvida, um marco na literatura para crianças.
Os alunos do Maternal C puderam conhecer, identificar e apreciar os personagens do “Sítio do Picapau Amarelo”, por meio de dramatização, brincadeiras e histórias. No mês de junho, as crianças levarão para casa um portifólio confeccionado por elas mesmas com as características dos personagens mais conhecidos e queridos do “Sítio”.

_______________________________________

Reciclagem

Os alunos do Maternal A iniciaram o trabalho de reciclagem com alguns produtos utilizados no lanche, tais como caixa de suco, pote de iogurte e o próprio copo descartável de água. A fim de reaproveitarem esses materiais em algo divertido, com a ajuda da professora construíram a "abelhinha voadora". Foi um sucesso!
Construa você também a sua abelha!

_______________________________________

Conhecimento Físico

 

O Maternal B está trabalhando com as cores, neste mês de março, e uma das atividades realizadas foi o jogo de percurso das cores. A criança joga o dado colorido e caminha até a cor indicada. Outra atividade com o dado é encaixar as tampinhas no buraco da cor correspondente. Com esse trabalho, além do reconhecimento das cores, desenvolvendo a percepção visual e tátil, é trabalhada também a coordenação motora fina.

   

_______________________________________

Expressão Corporal

Uma das prioridades de trabalho a ser desenvolvida no Maternal D é a expressão corporal. Partimos do estímulo e desenvolvimento da coordenação motora grossa (subir, descer, rolar, pular, correr, saltar, agachar, escorregar) para, depois, trabalhar gradativamente a coordenação motora fina (encaixar, empurrar, amassar, modelar, pintar, desenhar).
Confira, por meio das fotos, uma das atividades realizadas


 
   

Sala de Aula - 2005